Smart Consulting Brand Icon Smart Consulting Brand Logo
A revolução digital e a tecnologia

05 agosto, 2016

Smart Happiness: um objectivo comum

26 janeiro, 2018

Opinião

Top 5 tendências tecnológicas para 2018

A propósito de um dos principais eventos tecnológicos mundiais, o CES (Consumer Electronics Show) em Las Vegas, desafiámos o nosso colaborador Alexandre Reis a partilhar as suas apostas para as tendências tecnológicas de 2018. 

12 janeiro, 2018
Top 5 tendências tecnológicas para 2018

A tecnologia está em alta, nunca teve um papel tão importante nas nossas vidas assim como das empresas. De todo lado vemos novidades, algumas já esperadas, outras completas surpresas. Um dos principais eventos tecnológicos mundiais, o CES (Consumer Electronics Show), acontece em Las Vegas entre 9 e 12 de Janeiro, onde são apresentadas algumas das principais inovações tecnológicas.
Com o arranque do ano estas são as minhas apostas para as tendências tecnológicas de 2018.

1. Realidade Virtual e Realidade Aumentada

Como prevê o site de tecnologia TechCrunch, a Realidade Virtual e Realidade Aumentada poderão gerar 108 mil milhões de dólares em receitas até 2021. Com várias utilizações e em diversas áreas, como o marketing e publicidade de produtos, imersão em vídeos e jogos, simulações de treino e hologramas, estas tecnologias têm mostrado um potencial de negócio enorme. Com esta tendência nasceu também uma maior procura de hardware específico, como é o caso dos óculos que podemos encontrar em diversos formatos e feitios de diferentes marcas Em 2018, prevê-se um crescimento ainda maior com muitas marcas a apostar neste tipo de tecnologias, tornando-se cada vez mais acessível a todos.

2. Smart Home Devices e Inteligência Artificial

Na área dos Smart Home Devices existem várias opções. O Amazon Echo, com chegada anunciada para Portugal este ano. Outra opção é o Google Home que a Google afirma ter vendido um por segundo desde 19 de outubro. E claro, também a Apple tem uma opção,  o HomePod. Estes dispositivos apresentam-nos assistentes virtuais como o Amazon Alexa, o Google Now e a Siri que nos permitem, através de voz, executar as mais variadas acções dentro de nossa casa, bem como realizar pesquisas, pedidos pela internet e até contar piadas. Existe no mercado nacional um produto que promete tornar as nossas casas um pouco mais inteligentes. O MEO Smart Home é constituído por uma câmara de vídeo, um sensor de abertura de portas e janelas, uma sirene interior, um detetor de fumo, um telecomando, uma central de controlo, podendo assim monitorizar todo o sistema através de um computador, tablet ou smartphone.

3. Digital Health

Muito se tem falado de pôr a tecnologia ao serviço da saúde, e já existem algumas marcas a trabalhar nesse sentido. O sucesso dos dispositivos de monitorização da nossa actividade física têm vindo a abrir caminho para uma nova oportunidade em cuidados médicos através de dispositivos electrónicos para monitorizar e tratar doentes crónicos e/ou outro tipo de doenças. As seguradoras vêem isso como uma oportunidade, bem como os serviços na área da saúde. Um estudo feito nos EUA, Wearable Health and Fitness Technology in U.S. Medical Care (January 2017), permitiu avaliar um potencial mercado de milhares de milhões de dólares e os wearables médicos podem poupar milhares de milhões em custos.

4. Televisões 8K

Não há muito tempo, a definição Ultra HD 4K era considerada a vanguarda nas televisões. Este ano, o 4K pode dar lugar a uma ainda maior resolução, os ecrãs  8K. Apesar de várias marcas terem lançado já televisores 8K em 2017, 2018 será o ano em que as vendas deste produto entrarão em força. Há uns dias a LG anunciou a primeira televisão 8K OLED de 88 polegadas. Já a Samsung acabou de anunciar a sua Q9S, que será de 85 polegadas, 8K e com inteligência artificial. Contudo, para transmissões de 8K ainda será necessário adaptar o sinal 4G para 5G, para se conseguir uma fluidez de imagem.

5. Wireless Earphones

Com o avanço das aplicações de fitness coaching, assistentes pessoais, musicais e de tradução, o mercado dos Smart Earphones aumentou. Alguns exemplos dos grandes avanços nesta área são o Here One, o Bragi Dash Pro e o Samsung Gear IconX 2018.

Here One disponibiliza streaming de música, audição por camadas, Siri ou Google Now, e para algumas funções de supressão de ruído.

Bragi Dash Pro, para além de cinco horas de bateria, tem tradução em real-time através do iTranslate, um menu 4D que deixa navegar pelos menus através de gestos e também a funcionalidade de treino físico automático.

O Samsung Gear IconX de 2018 é já a segunda geração que usa o Bixby, o assistente virtual da Samsung, e tem uma óptima autonomia, cinco horas de música em streaming através de bluetooth, sete horas em stand-by e um pouco mais de quatro horas de conversação. Mesmo com um telemóvel que não seja Samsung, em vez do Bixby ele usará o Google Now.

Estas serão algumas das tendências que acredito que vão marcar 2018. Em género de menção honrosa posso ainda referir os avanços realizados em automóveis autónomos como a marca Tesla, a Ford que promete um Uber com carros autónomos para 2021 e a Nissan que já usa automóveis autónomos como reboques. E também as moedas electrónicas e as novas formas de pagamentos por telemóvel.

Na vossa opinião, quais as tendências que terão mais impacto em 2018?

Por: Alexandre
Smartie OutSystems Developer

Newsletter Smart

Queres saber mais sobre a Smart? Subscreve a nossa newsletter!
Novidades, Eventos, Oportunidades e muito mais.